InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sobre Westeros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Um Moderador
Admin
avatar

Mensagens : 35
Data de inscrição : 02/01/2017

MensagemAssunto: Sobre Westeros   Qua Jan 25, 2017 5:33 pm

Sobre Westeros
Uma breve história dos Sete Reinos
Falar de Westeros é discutir várias regiões diversas, conhecidas coletivamente como os Sete Reinos. Quando os Targaryen chegaram a este continente, encontraram o Rei do Norte, o Rei da Montanha e do Vale, o Rei da Rocha, o Rei da Campina, o Rei da Tempestade, o Rei das Ilhas de Ferro e o Príncipe de Dorne, cada um governando suas próprias terras.

E antes de haver sete reinos, existiam centenas de reinos e povos diferentes. O período mais antigo de Westeros — muito antes que os Targaryen ou mesmo os Primeiros Homens fossem conhecidos — é conhecido como a Era do Amanhecer. Nessa época, os filhos da floresta viviam sozinhos em Westeros e cultuavam deuses naturais, como os deuses das árvores, das pedras e dos córregos. Este período durou até a chegada dos Primeiros Homens, que invadiram Westeros cerca de 12.000 anos atrás.

Os Primeiros Homens vieram do leste através de uma ponte de terra, passando pela terra que viria a ser conhecida como Dorne. Os Primeiros Homens trouxeram armas de bronze e cavalos, além de seus próprios deuses. Eles guerrearam com os filhos da floresta e derrubaram suas florestas e suas árvores místicas — árvores pálidas entalhadas com os rostos de seus deuses, que os Primeiros Homens temiam. Os filhos conseguiram destruir a ponte de terra, criando a região conhecida hoje como o Braço Quebrado de Dorne e os Degraus de Pedra, mas já era tarde demais para deter os Primeiros Homens.

A guerra entre os filhos da floresta e os Primeiros Homens durou séculos, até que eles enterraram sua inimizade forjando o Pacto da Ilha dos Rostos. O Pacto criou uma grande paz que deu fim à Era do Amanhecer e iniciou a Era dos Heróis: quatro mil anos de amizade entre os Primeiros Homens e os filhos.
Eles trabalhavam juntos, faziam comércio entre suas aldeias, e os Primeiros Homens até mesmo passaram a cultuar os velhos deuses dos filhos, adotando as árvores místicas.

Esta era também viu a fundação dos Sete Reinos, embora o nome não fosse registrado pela história até muito depois. Muitas das atuais casas nobres de Westeros remontam sua linhagem até a Era dos Heróis, quando diz-se que viviam grandes figuras como Brandon, o Construtor, e Lann, o Astuto.

Os Sete Reinos não nasceram todos de uma vez, mas cada uma das regiões de hoje em dia pode ser vista no padrão dessa época ancestral. Os Stark, a família de Brandon, o Construtor, ascenderam como governantes no Norte. Os Casterly governavam no oeste — até que Lann, o Astuto, arrancou deles Rochedo Casterly, transformando o lugar na moradia eterna dos Reis da Rocha. O reino do Extremo foi estabelecido por Garth Mão Verde, patriarca da Casa Gardener (e de muitas casas menores, pois sua semente era fértil). Os Reis da Tempestade, iniciados por Durran, varreram as terras tempestuosas. Durran ergueu o castelo de Ponta da Tempestade com pedra e magia, para suportar a fúria dos deuses do mar e do vento, pois ele raptou sua filha e casou-se com ela. Então havia o lendário Rei Cinzento, que governava não apenas as Ilhas de Ferro, mas também o próprio mar. A família Mudd era uma de uma dúzia de casas que dominava as Terras Fluviais.

Durante esta era, a Irmandade Juramentada da Patrulha da Noite foi fundada. A Patrulha da Noite deveria ser o escudo que defendia as terras dos selvagens bárbaros e dos horrendos Outros do Norte distante. Diz-se que Brandon, o Construtor, ajudou a Patrulha da Noite a erguer sua poderosa muralha, uma construção de pedra e gelo com mais de 200 metros de altura e centenas de quilômetros de comprimento. Tanto a paz do Pacto quanto a Era dos Heróis tiveram fim com a chegada dos ândalos, novos invasores de além mar, que aportaram no local hoje em dia chamado de Vale de Arryn.

Os ândalos trouxeram novos deuses e armas mortíferas, forjadas com aço. Eles lutaram contra os Primeiros Homens por séculos, até que todos os seis reinos do sul caíram. Os ândalos destruíram os bosques de árvores místicas onde quer que os encontrassem. Os filhos foram mortos ou fugiram para o Norte longínquo, pois nunca mais foram vistos. O único reino dos Primeiros Homens a resistir contra os ândalos foi o Reino do Norte. Os ândalos espalharam sua fé nos Sete Deuses em todas as terras. Estabeleceram-se como Reis da Montanha e do Vale (de onde a Casa Arryn descende) e Reis das Terras Ocidentais.

A última grande migração a Westeros aconteceu há cerca de 1.000 anos, quando a rainha guerreira Nymeria liderou sua frota de 10.000 navios do leste a Dorne. Seu povo, os roinar, assim chamados devido ao Rio Roine que fora seu lar, foram recebidos inicialmente com hostilidade pelos lordes de Dorne. Mas Nymeria fez a paz com o Lorde Mors Martell, aceitando-o como seu esposo. Com suas forças combinadas, eles obrigaram todos os rivais de Martell a dobrar o joelho, e ele se tornou o primeiro Príncipe de Dorne, segundo os costumes dos roinar.

Estes séculos foram marcados por escaramuças regulares e derramamento de sangue através dos reinos. Os lordes de Dorne travaram guerras intermitentes com os Reis da Campina e os Reis das Terras da Tempestade. Exércitos do sul chocaram-se contra Fosso Cailin, no norte, e foram destruídos. Partindo do norte rumo ao sul, o Rei Rickard Stark matou o Rei do Pântano. Os Reis da Tempestade conquistaram as terras fluviais do Tridente e mantiveram-nas por centenas de anos, até que os homens das Ilhas de Ferro derrotaram Arrec, o Rei da Tempestade, e tomaram-nas para si.

Então, mais de 400 anos atrás, a destruição chegou à fantástica Terra Livre de Valyria, no leste longínquo. Valyria era o lar ancestral da linguagem, da arte e da magia. Os sobreviventes fugiram das ruínas fumegantes, chegando ao extremo leste de Westeros, na ilha de Rocha do Dragão, que fora o posto avançado mais ocidental de Valyria. Os mestres de Rocha do Dragão, os Targaryen, há muito já estabelecidos na ilha, dominaram os valyrianos sobreviventes. Eles abandonaram os velhos deuses que os haviam traído e converteram-se à religião ândala dos Sete.

Os Targaryen permaneceram em Rocha do Dragão por alguns anos, antes de rumar para Westeros.  Aegon, acompanhado por suas irmãs Visenya e Rhaenys, partiram de Rocha do Dragão para unificar os reinos beligerantes dos ândalos. Eles aportaram na costa leste e construíram um forte simples, de madeira e terra. Embora os Targaryen tivessem poucos soldados e estivessem em grande desvantagem numérica, possuíam a maior arma de todas: dragões.


Fonte: Guerra dos Tronos RPG
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgsetereinos.forumeiros.com
 
Sobre Westeros
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» minha historinha sobre percy jackson
» Novidades sobre o mortal Kombat 10
» Informações Sobre Sites! Como Obter?
» Entrevista ao Masashi Kishimoto sobre os pais da Sakura Haruno
» [Curiosidades com a Tia Zakuro #2] 10 curiosidades sobre Hunter x Hunter

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sete Reinos :: O FÓRUM :: manual do player-
Ir para: